Logo

Riscos do trabalho ao ar Livre, Com Calor Excessivo

A vaga de calor que atravessa Portugal acarreta riscos acrescidos para os trabalhadores que desempenham as suas funções ao ar livre, com impacto na sua saúde: risco de desidratação, insolação, agravamento de doenças crónicas, são alguns deles.

Saiba o que fazer para se proteger:

1-Mantenha-se Hidratado

Beba no mínimo 1,5l de água, mesmo que não sinta sede.

Evite bebidas açucaradas e bebidas alcoólicas.

2 – Coma com Moderação

Opte por refeições leves como saladas, grelhados e frutas.

Refeições pesadas, fritos e gorduras devem ser evitados sempre que se vai trabalhar ao sol.

3- Use Vestuário que Proteja a Pele

Os equipamentos de Protecção individual vão ser úteis na protecção ao sol: O capacete substitui o chapéu e o vestuário de trabalho protege a sua pele, tronco e membros.Se na sua empresa não se utilizar vestuário de trabalho, vista peças claras de tecidos transpiráveis. Use calçado leve, mas seguro.

Não trabalhe nunca em tronco nu, nem com chinelos. Não está em segurança.

Use óculos que ofereçam protecção contra a radiação UVA e UVB, salvaguardando a sua vista. 

4- Use Protetor Solar

Nas zonas desprotegidas pelo vestuário aplique protetor solar fator igual ou superior a 30. Aplique-o 30 min antes da exposição solar e renove a aplicação a cada 2h.

5- Se possível, evite maiores Esforços Entre as 12 e as 16h

O trabalho não pode parar, mas se for possível, organizá-lo de forma a evitar as tarefas mais pesadas no período entre as 12 e as 16h, período de mais calor e que exigem maior dispêndio de energia, deve ser equacionado.

As pausas devem ser feitas em local fresco.

6- Atenção a Sintomas de golpe de calor

Esteja atento a sinais que podem indicar a presença de um golpe de calor em si ou num colega:

Sintomas
Os sintomas incluem febre alta, pele vermelha, quente, seca e sem produção de suor, pulso rápido e forte, dor de cabeça, náuseas, tonturas, confusão e perda parcial ou total de consciência.

O que fazer*?
Chamar de imediato um médico ou ligar para o número de emergência 112, seguindo os seguintes procedimentos até à sua chegada.

  • Mover o indivíduo para um local fresco ou para uma sala com ar condicionado;
  • Refrescar o indivíduo aplicando toalhas húmidas ou pulverizando com água fria o seu corpo;
  • Arejar o indivíduo agitando o ar vigorosamente ou com um ventilador;
  • Se não estiver consciente, não dar líquidos.
  • O golpe de calor requer ajuda médica imediata uma vez que o tratamento demorado pode resultar em complicações a nível do cérebro, rins e coração.

*www.dgs.pt

 Evite trabalhar Isolado e vigie os seus colegas.

  • Share this post

Previous Article RISCOS DO TRABALHO AO AR LIVRE, COM CALOR EXCESSIVO

Comments

2018 © Ecosaúde S.A. Todos os direitos reservados
Powered by Blue Line